sábado, 16 de março de 2013

Colinho sem Lei coloca FC Porto na Taça da Liga

Fernado Gomes, Conselho de Justiça, Conselho de Disciplina da FPF, LPFP

Share on Google+
Mesmo quando as Leis são claras sem qualquer margem para duvidas para qualquer magistrado sério, eis que para os "Magistreiros" da Fede-ração Porto-guesa de Frutabol do CJ (Conselho de Justiça) não contam! É com um argumento juridicamente patético o mesmo já usado pelo Magistreiros do CD (Conselho de Disciplina) que se coloca o FC Porto na Taça da Liga, ou seja que a Lei que se refere claramente a todas as competições em toda a sua linha descritiva, consideram estes que a mesma exclui a Taça da Liga, é uma coisa à parte! Por não referir explicitamente esta competição não vale!
Resumindo e simplificando a Taça da Liga não cabe na expressão "Todas as Competições desportivas organizadas pela LPFP"! Um triste e patético absurdo, uma ofensa ao substantivo jurídico!
Não é novidade, quando todos nós já ouvimos as famosas escutas do Apito Dourado no YouTube cujas, para os Juízes que julgaram o referido caso, não provam nem constituem qualquer indício de actos ilícitos, não iam ser as Leis Desportivas que teriam melhor sucesso.
Num País terceiro mundista com o jumento da sociedade em cargos de chefia e de governo do País e das instituições que decidem e o (des) organizam não se pode esperar outro desfecho.
A melhor alcunha agora para a Taça da Liga 2013 será a Taça do Corrupto Sem Lei, a Taça da Vergonha.

Ficam as palavras do professor de Direito do Desporto José Manuel Meirim:
«Existe uma infracção não vejo que haja lacuna. O regulamento respeitante às equipas B aplica-se a todas as competições organizadas pela LPFP, a sua razão de ser quanto à limitação dos jogadores visa impor limites, quanto aos jogadores poderem jogar quer na equipa B, quer na principal. Entendo que esse anexo V é uma espécie de rede que apanha todas as competições da Liga»

Faltou ainda dizer.. agora que se acabou a Europa, os jogos a meio da semana já não incomodam tanto, assim houve sinal verde para sair a decisão do Conselho de Justiça, fica claro o porquê da demora que ditou o adiamento da meia final com o Rio Ave, é tudo a jeito.

+ Recentes