terça-feira, 26 de março de 2013

PEDRO PROENÇA MARCA PRESENÇA NO ANIVERSÁRIO DA AF PORTO

Pedro Proença na Gala da Associação de Futebol do Porto, AF Porto, 2013

P roença não podia mesmo faltar à Gala da AF Porto, Pedro Proença um dos que mais e melhores serviços presta ao "futebol do Porto".



Pedro Proença que pertence à Associação de Futebol de Lisboa não deixou de marcar presença na Gala da Associação de Futebol do Porto. Estaria em representação de que entidade? Nenhuma! Pedro Proença estava a título pessoal.

Ontem, na gala de aniversário da Associação de Futebol do Porto, além dos do costume, Pintos, Meneses, Pereiras e companhia, homenageou novamente a arbitragem, esta que tanto tem dado à referida associação. Calhou, desta vez, a Artur Soares Dias e Bertino Miranda (Fiscal de Linha).
Quem não podia mesmo faltar e marcar obrigatoriamente presença, foi Pedro Proença, um dos que mais e melhores serviços presta ao futebol do Porto, tudo isto em pleno decorrer do campeonato!

Árbitros que deviam primar pela descrição e principalmente isenção neste tipo de acontecimentos e, necessariamente recusar a presença em qualquer tipo de iniciativas desta estirpe!
Assim devia mandar o profissionalismo, mas não, este tipo de árbitros de tão fraco carácter e de uma total ausência de vergonha na cara, meros serventes de mão estendida, contratados para prestadores de serviços, não só marcam presença como ainda, certamente se regozijam com tais provincianas festarolas.
P roença não podia mesmo faltar à Gala da AF Porto, Pedro Proença um dos que mais e melhores serviços presta ao "futebol do Porto".


Pedro Proença que pertence à Associação de Futebol de Lisboa não deixou de marcar presença na Gala da Associação de Futebol do Porto. Estaria em representação de que entidade? Nenhuma! Pedro Proença estava a título pessoal.

Ontem, na gala de aniversário da Associação de Futebol do Porto, além dos do costume, Pintos, Meneses, Pereiras e companhia, homenageou novamente a arbitragem, esta que tanto tem dado à referida associação. Calhou, desta vez, a Artur Soares Dias e Bertino Miranda (Fiscal de Linha).
Quem não podia mesmo faltar e marcar obrigatoriamente presença, foi Pedro Proença, um dos que mais e melhores serviços presta ao futebol do Porto, tudo isto em pleno decorrer do campeonato!

Árbitros que deviam primar pela descrição e principalmente isenção neste tipo de acontecimentos e, necessariamente recusar a presença em qualquer tipo de iniciativas desta estirpe!
Assim devia mandar o profissionalismo, mas não, este tipo de árbitros de tão fraco carácter e de uma total ausência de vergonha na cara, meros serventes de mão estendida, contratados para prestadores de serviços, não só marcam presença como ainda, certamente se regozijam com tais provincianas festarolas.

+ Recentes