domingo, 28 de abril de 2013

Xistra do FC Porto Marca Um Rouba Outro!

Carlos Xistra, FC Porto

Share on Google+
Como seria de esperar o FC Pinto & Xistralhas preparam-se para tomar o campeonato de assalto. Tudo com os cúmplices, RTP, SIC, TVI, Sport TV, Rádios, Jornais desportivos, Record e A Bola, TODOS. Estratégia, fazer passar a imagem que o SL Benfica foi muito beneficiado no jogo com o Sporting, tentando apagar todos os assaltos já efectuados e consumados no decorrer do campeonato para, se roubar mais ainda, na parte final e decisiva da Liga ZON Fruta.
Ontem foi mais uma VERGONHA.

Carlos Xistra, FC Porto 2 Vitória de Setúbal 0, 2013
Lucho que, completamente à queima, disfere um potente remate levando a bola a ser cortada na sua trajectória pelo tronco do jogador Jorge Luís, ressaltando de seguida para o braço (2ª imagem).
A bola é cortada pelo tronco do jogador e não pelo braço, ou seja sempre bola na mão, involuntária e não responsável pelo impedimento do remate, ainda com a agravante que neste caso trata-se de um forte remate muito em cima do jogador do Vitória.
Segundo golo do FC Porto, é irregular, tivemos o cuidado de colocar a imagem ainda antes do passe, e como se pode nitidamente ver, Defour encontra-se claramente em posição irregular!

Carlos Xistra, FC Porto 2 Vitória de Setúbal 0, 2013
Lembrar que para a determinação de fora de jogo, conta tudo excepto os braços e, como se pode avaliar, cabeça e parte do tronco de Defour encontra-se em posição irregular, mesmo em cima do fiscal de linha, sem nada a dificultar a sua visibilidade, mesmo no seu enfiamento, cujo nada assinalou, (1ª e 3ª imagens).

Carlos Xistra, FC Porto 2 Vitória de Setúbal 0, 2013
Por último, lances mais passiveis de verem ser, marcada grande penalidade, como se pode constatar na imagem, embora não totalmente perceptível no primeiro caso Danilo, fica a ideia que coloca o braço, mais para trás de forma a conseguir interceptar a bola, fica a sensação de ser motivo de grande penalidade.
No segundo caso Danilo, é claro o afastamento propositado dos braços que, estavam primeiramente ao longo do corpo, de forma a impedir a bola de se deslocar para a baliza, é sempre um corte com o braço, logo é motivo evidente para grande penalidade.

Carlos Xistra do FC Porto Marca Um Rouba Outro. Este é dos que não precisa de ir à Capela para ajoelhar e rezar!

Jornal Record Achincalha Benfica!

+ Recentes