sábado, 23 de novembro de 2013

Benfica Ultrapassa Autocarro do Sporting de Braga com Golaço de Matic

liga zon sagres, sl benfica 1-0 sporting clube de braga, 2013-2014

Share on Google+
3 pontos! Foi isso 3 pontos, uma tarde fria com um jogo que não deu para aquecer.

SC Braga apresentou-se na Luz com a cara de Jesualdo, isto é, uma equipa cobarde, não veio para vencer a partida pelo jogo, mas sim para se aproveitar dos erros do Benfica.
O Braga veio jogar completamente fechado, sempre atrás da linha da bola, uma equipa muito junta, apertada sem dar espaços, essencialmente preocupada em destruir jogo e aproveitar os desequilíbrios, da consequente subida no terreno do Benfica, para perigosos contras, explorando particularmente a velocidade e o bom remate de Ederzito.

Sem o grito de Jesus, o Benfica não encontrou soluções para entrar na defesa do Braga com perigo, de forma a criar oportunidades de golo.
Foi Matic que resolveu o encontro ao fazer pressão alta, a recuperar uma bola e em 4 toques colocou a mesma, no canto direito da baliza de Eduardo, num remate rasteiro cruzado que só terminou no fundo das redes. O que por si só, descreve bem, a total ineficácia do ataque do Benfica no encontro.

Destaques para Gaitan, excelente exibição de Matic e Artur, com este a fazer uma espectacular defesa para a barra a evitar o golo do Braga, num remate de Ederzito. Ivan Cavaleiro entra no segundo tempo para, mais uma vez, mexer com o jogo, com a sua velocidade e rebeldia.

Jesus não estava, já todos sabemos que foi condenado a 30 dias de exílio a assistir das bancadas, mas e o Cardozo? Onde parou o Cardozo?
Parece que foi mais uma das muitas lesões vindas do nada, geralmente acontecem a jogadores que vinham de grandes exibições, em alturas cruciais e importantes para os objectivos do SL Benfica, é estranho.
Siqueira joga hoje a titular vindo de lesão, a relegar André Almeida para o banco e Sílvio para o lado direito, depois das excelentes exibições deste a lateral esquerdo, o que acontece? Siqueira sai novamente lesionado.
Um departamento médico/preparação física que tem deixado muito a desejar, todas estas lesões e muitas a acontecer fora dos jogos, não são, com toda a certeza, apenas uma questão de falta de sorte.

Ganhámos. São mais 3 na conta e isso é que conta, jogar bem, dar baile para não vencer, por si só é fraco estímulo e não conquista títulos, nós que tão bem o sabemos.


+ Recentes