quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Benfica a 1ª Equipa Portuguesa a Vencer na Casa do Anderlecht

Últimos Minutos de Liga dos Campeões Impróprios para Cardíacos

Share on Google+
Foi quase até ao ultimo minuto que o Benfica conseguiu manter vivo, o objectivo dos oitavos de final da Liga dos Campeões.
Depois de estar a perder por 1, o Benfica deu a volta ao marcador, para já perto do final da partida deixar-se empatar. O Anderlecht voltou ao jogo com um golo nitidamente irregular, com Mbemba a usar ambos os braços para dominar a bola e ultrapassar Luisão. Os Belgas chegaram mesmo a ameaçar o golo da vitória, mas uma substituição que à primeira vista parecia ser errada, uma vez que o Benfica precisava a todo o custo de vencer para manter o sonho de continuar na Champions, Jorge Jesus retira Enzo Perez de campo 87min, uma das melhores exibições do Benfica (já normal), para fazer entrar Rodrigo Moreno, um golpe de sorte porque foi o 19 a fazer aos 90min o golo da vitória.

No outro jogo, quase o mesmo filme, Olympiakos perdia, conseguiu empatar e mais tarde, ficando mesmo com a vantagem de jogar contra 10 homens do PSG, após expulsão de Verratti logo no inicio do segundo tempo, com acumulação de amarelos (UEFA a dar o jeitinho ao Olympiakos).
Mesmo a jogar com 10, o PSG consegue vencer a partida, precisamente no mesmo minuto do golo da vitória do Benfica, aos 90min Cavani facturou o segundo do Paris e a consequente vitória sobre o Olympiakos.

Uma jornada da Liga dos Campeões impropria para Benfiquistas cardíacos, com o Benfica a merecer a conquista dos 3 pontos, jogadores lutaram, suaram a camisola, mostraram carácter, determinação, acreditaram até ao fim, apesar de mais uma vez o Benfica ter tremido e falhado na defesa, permitindo 2 golos ao adversário, com a desculpa para o primeiro que foi irregular.

Duas assistências e mais um grande jogo do Enzo, apesar de ter andado fora da posição, onde mais e melhor rende.
Gaitan muito influente e lutador, raçudo mesmo, o que não era de todo habitual e comum a juntar à sua elevada capacidade técnica, hoje com um belíssimo golo, após enorme jogada individual e de insistência, ultrapassando vários adversários, tabelando com Enzo e com 1 remate acrobático fazer a bolinha juntar-se às redes de Proto.
Matic, parece querer aproveitar a ausência de Cardozo, pois já é o segundo golo consecutivo e importante para a equipa, num crescendo de forma que parece ser imparável.
Markovic mostrou uma atitude completamente diferente neste jogo, para melhor, a ter alguns rasgos de génio, ao que nos habituou no inicio da época.

Finalmente voltámos a ver Sulejmani a jogar à bola, vestido com o Sagrado Manto, foi dele o magistral passe para o golo do Rodrigo que, nos mantém o sonho vivo de chegar à final da Champions League, no dia 24 de Maio na enorme Catedral da Luz, o nosso amado Estádio.
Benfica foi a primeira equipa Portuguesa a ganhar no Campo do Anderlecht, o clube de muito longe, com mais títulos da Bélgica, 32 Campeonatos como nós, 5 Troféus na Europa, mas para os Jornaleiros Desportivos e afins cá da terrinha, o Anderlecht é muito fraquinho, bom mesmo, é o colosso Áustria de Viena, que conseguiu marcar o seu primeiro golinho da Champions no Dragão! Sempre a desvalorizar as nossas vitórias.
O Benfica ganhou e ganhou bem, apesar de alguns equívocos tácticos repetidos, por parte de Jorge Jesus. Ganhámos nos últimos minutos, como já perdemos uma Liga Europa e um Campeonato nos mesmos últimos minutos. SIGA.

+ Recentes