segunda-feira, 31 de março de 2014

Ricardo Quaresma Tentativa de Agressão a Jogadores do Nacional

Ricardo Quaresma, agressões, Nacional da Madeira 2-1 FC Porto, Liga Portuguesa Futebol, 2014

Share on Google+
FC Porto perde com o Nacional por 2-1 depois de fazer um jogo fraco, um abismo para a pujança física mostrada, no jogo da 1ª Mão das Meias Finais da Taça de Portugal, contra o SL Benfica.
A enorme frescura física do jogo de Quarta feira, representaria a real condição física da equipa do FC Porto? Fica a questão...

No jogo de ontem na Madeira, viu se um FC Porto apático que se arrastou pelo relvado, sem força, voltando à fraca exibição que já tinha mostrado, no jogo contra o Belenenses (jogo anterior ao Benfica).
Uma partida em que a equipa do Nacional da Madeira foi sempre mais forte, tendo mesmo dominado como quis, todo o primeiro tempo, dispondo de várias oportunidades claras de golo que poderiam, ter logo decidido a partida.
A equipa de arbitragem de João Capela teve o seu pior erro, ao assinalar grande penalidade inexistente a favor do FC Porto depois, de uma simulação de Ricardo Quaresma, ao promover o contacto com o defesa do Nacional.

Sporting queixa-se da arbitragem quando, no geral, tem um saldo positivo, comparando erros a favor com erros contra, basta lembrar que é a equipa que tem maior numero de grandes penalidades assinaladas a favor, 9 e 3 contra! Ontem por exemplo, no importante jogo contra o Vitória em Alvalade, viu perdoada a expulsão a Adrien após, entrada muito dura, tendo ainda obtido o golo de forma irregular precedido de fora de jogo.
Uma atitude completamente ridícula, fora da realidade, com Bruno de Carvalho a dizer mesmo, o Benfica não merece estar em primeiro, apesar do Sporting ter um saldo muito negativo, no confronto directo com a equipa do SL Benfica.

O FC Porto além de ser o "dono", o Clube que durante décadas dominou as instituições que regem o Futebol, incluindo a própria arbitragem, que durante tantos anos corrompeu e comprou títulos que deviam ser exclusivamente por mérito desportivo, continua a fazer estas tristes figuras, onde a atitude e o comportamento dos seus jogadores, descrevem na perfeição o que constitui a "Mística" do FC Porto.
Ontem foi mais um episódio triste de quem teve uma arbitragem a seu favor mas, como perdeu o jogo, o arbitro tinha e devia ter roubado mais!
O árbitro João Capela, apenas inventou uma grande penalidade a favor do FC Porto, foi pouco, não serviu de nada! Como não voltou a ceder, na segunda simulação de grande penalidade de Quaresma, o caldo entornou!
O árbitro anulou ainda um golo e bem, devido a mais uma falta de Jackson Martinez, ao usar o braço/cotovelo, para impedir os adversários de disputarem e saltarem à bola, ao mesmo tempo que se apoia nos mesmos. O cruzamento que dá origem ao único golo do FCP, parte de um jogador que parece estar ligeiramente adiantado, em posição de fora de jogo.

As imagens descrevem-se a si mesmas.
Depois das brutais entradas de Fernando e de Herrera que, colocaram gravemente em risco a integridade física de Sálvio (jogador que vem de recente recuperação, precisamente ao joelho da perna que foi violentamente atingida por Herrera) e de Fejsa, agora esta tentativa de agressão de Quaresma e toda a perseguição ao árbitro que era habitual ver no passado.
O que vai fazer a Federação Portuguesa de Futebol? E a Liga?
Os castigos e os sumaríssimos são apenas para os jogadores do Benfica? VAI HAVER CASTIGOS? Como há para os jogadores do Benfica? Para o Luisão? Enzo Perez, só por ter feito um simpático e inofensivo gesto de "Fomos roubados" pagou multa e teve um jogo de castigo!
VOCÊS SÃO UMA VERGONHA! UMA VERGONHAAAA, UMA VERGONHAAAA!

+ Recentes