domingo, 27 de abril de 2014

Desperdício de Recursos Não Poupar Jogadores na Taça da Liga

Benfica Taça da Liga, FC Porto vs SL Benfica, 2014

Share on Google+
Depois do Conselho de Arbitragem da FPF, repetir o árbitro que permitiu entradas a matar por parte de Fernando e de Herrera (ver), entradas para duplo vermelho que Marco Ferreira nem falta assinalou, depois do que foi a arbitragem no ultimo jogo com o corrupto, FC Porto, na Luz para a Taça de Portugal, é um risco desnecessário não poupar jogadores.

Enzo, Garay, Markovic, Lima, Rodrigo, Siqueira e Maxi, poupar estes jogadores por exemplo, seria uma vantagem que poderia ser decisiva, no muito exigente jogo da 2ª mão da Liga Europa.
Dar oportunidade aos menos utilizados e até mesmo aos melhores valores da equipa B, seria um prémio e um factor de motivação acrescido.
Se a arbitragem permitir o habitual jogo violento, por parte dos jogadores do FC Porto no dragão, muitos dos jogadores certamente vão pensar duas vezes antes de meter o pé, muitos dos habituais titulares não vão querer comprometer a participação no jogo de Turim.

Depois do corrupto ter perdido quase tudo, este jogo no dragão vai ser mais um, onde o FC Porto irá jogar com mais de 11 jogadores de campo e, onde o SL Benfica terá grandes probabilidades de não terminar o jogo com 11 jogadores, tudo isto poderá provocar um desgaste acrescido e até lesões de ultima hora, em jogadores que podem ser decisivos na Liga Europa, um desperdício de recursos cuja Taça da Liga não o justifica.

+ Recentes