terça-feira, 28 de outubro de 2014

BRAGA 2-1 BENFICA, UMA REMONTADA DE PORRADA!

Braga 2-1 SL benfica, 2014

Share on Facebook Twitter Share on Google+
F ica a questão, como motivar os melhores jogadores a ficar no Benfica, quando percebem que podem colocar a sua integridade física em causa, colocar em risco a própria carreira, quando no futebol português acontecem jogos e arbitragens como a de domingo em Braga?

A equipa do Benfica entrou a jogar um futebol brilhante, com um domínio total e absoluto sobre o adversário que permitiu logo aos 2min inaugurar o marcador com um grande golo de Talisca, após uma espectacular jogada de envolvimento.
E o que aconteceu a seguir?
Aos 8min de jogo Talisca corria para o ultimo reduto do Braga e quando se preparava para dominar a bola, leva de frente com um pontapé na cara de Aderlan Santos, ao melhor estilo do UFC (este tem regras ao contrário do que se passou em Braga)!
Marco Ferreira árbitro do encontro e já um habitué, em permitir todo o tipo de agressões e entradas a matar aos jogadores do Benfica, basta lembrar o que foi o jogo já desta época em casa do Boavista, marca livre e adverte de forma inacreditável o jogador do Braga somente com a cartolina amarela!!!

Depois disto que concentração têm os jogadores do Benfica em apenas jogar e explanar o seu futebol?
Depois de Danilo ceifar consecutivamente duas jogadas de perigo de Talisca e Gaitan, não só ficar em campo como continuar a distribuir pau em tudo o que era canela Benfiquista, como seria possível aos atletas do Benfica jogarem à bola enquanto o adversário joga ao pontapé ao homem?

Falar de tácticas, condição física, substituições, jogadores, quando uns tentam jogar futebol e outros praticam Full contact? Não faz sentido.
Não é humanamente possível um atleta resistir psicologicamente, por muito bem preparado que esteja, por muito forte que seja, resistir a quem dá porrada impunemente, sim porrada! É preciso chamar as coisas pelos nomes, sem medo! É impossível jogar futebol e resistir a todo um ambiente de guerrilha onde as regras são muito diferentes para o adversário.
O futebol do Benfica à medida que o tempo ia decorrendo ia dando lugar à ansiedade, desconcentração, preocupação com a integridade física, revolta, frustração, tudo menos futebol...

Além do que já foi referido ainda há muito mais:
! Violenta agressão de Rúben Micael, entrada a matar de pitons aos rins de Jonas e já sem bola, leva amarelo;
! Entrada de pitons ao joelho de Eliseu de André Pinto sem qualquer punição de Marco Ferreira;
! Duas entradas faltosas do Guarda Redes do Braga Matheus, sobre jogadores do Benfica em perigosos ataques e Marco Ferreira marca falta contra o Benfica;
! Jogada de perigo de Lima que domina a bola com o peito na área do Braga e é marcado braço na bola;
! Remate para golo de Salvio que é defendido no "chão" com o braço, ao melhor estilo Guarda-redes por um jogador de campo do Braga;
! Rúben Micael atropela Jonas sem se interessar pela bola, em jogada junto à grande área do Braga em zona frontal, Marco Ferreira volta a permitir que continue em campo, isto já depois de não ter mostrado vermelho na agressão em cima referida;
! Fora de jogo não marcado ao Braga que poderia ter dado golo contra o Benfica e com o ridículo de servir para se falar em penalti roubado ao Braga;
! Penalti sobre Eliseu de Custódio que joga na grande área do Braga apenas às pernas do jogador do Benfica;
! André Pinto que também já não deveria estar em campo, pendura-se em Gaitan com tudo dentro da grande área do Braga e Marco Ferreira bem colocado diz que é limpinho! Uma jogada onde existiram várias faltas para grande penalidade, pois existe um jogador do Braga que não chegando à bola a corta com o braço, Gaitan ainda é agredido quando se levantava do relvado;
! Dos 6min de desconto jogaram-se 2 se tanto, após inúmeras perdas de tempo por parte dos jogadores do Braga.
! Braga cometeu 32 faltas e o Benfica 13, isto com várias faltas contabilizadas ao Benfica que não eram faltas e muitas outras ficaram por marcar ao Braga.

Perante este cenário como culpar jogadores e plantel?! Perante este cenário como é possível a direcção do SL Benfica não reagir em defesa dos seus jogadores? Em defesa da integridade física dos mesmos? Tomar medidas contra um árbitro que começa a deixar Pedro Proença e amigos a parecerem uns meninos nos assaltos ao Benfica?
Todos os anos o Benfica leva com um clima de guerra contra os seus jogadores e adeptos e não se faz nada?! Vão continuar as boas relações com o clube do Salvador?
A estratégia de chorar [Chorar = reclamar pateticamente de arbitragens sem existir nada que o justifique] muito logo no inicio do campeonato, serve para inibir as pessoas mais susceptíveis de reclamar e denunciar a pouca vergonha, de árbitros e arbitragens como as do facínora Marco Ferreira.

+ Recentes