quarta-feira, 27 de maio de 2015

ATÉ OS SPORTINGUISTAS ACHARAM PATÉTICA A IDEIA DE BRUNO DE CARVALHO

Alvalade transformado em Jamor, Iniciativa Bruno de Carvalho, Sporting, Taca de Portugal, 2015,

Q ueria transformar Alvalade no Jamor e com direito à venda de bifanas e outros comes e outros bebes, uma festa! Mas só com donativo!


Sim é isso, patético! Tão patético que os próprios Sportinguistas deram a resposta com zero de adesão! A coisa foi tão fraca que lá teve que sair mais um comunicado.

Era uma festa que não tinha convite mas tinha donativo, isto é, um donativo à força, pagava-se bilhete! A oferta era ver futebol numa televisão maiorzita e parece que dava direito a uma bifana, não sabemos se o menu incluía os molhos e a bebida.

A ideia era transportar aquele ambiente único do Jamor, mítico para Alvalade, um campo de futebol que é mais um enorme parque de convívio do que propriamente um recinto desportivo. É só ali que se faz a festa da Taça, só ali faz sentido. As bifanas, as sardinhas, o vinho, a cerveja aos litros que escorre nas gargantas secas pelo sol sem pala que nesta altura, tem tradição inundar o Jamor.
Todo um ritual que antecede a ansiedade de assistir ao vivo uma Final de uma Taça, com um valor e tradição que não se replica num qualquer estádio verde! Patético.

A COMÉDIA DOS DONATIVOS OBRIGATÓRIOS TABELA:
Donativos Tabela, Sporting, Taca de Portugal, 2015,
Sim o objectivo não era dar festas antecipadas, mas fazer festinhas na carteira dos Sportinguistas. Com o Bruno de Carvalho o Sporting, cada vez mais, se assume como a Comédia de Portugal.

+ Recentes