quinta-feira, 9 de julho de 2015

SL BENFICA ATINGE RECEITAS DE 200 MILHÕES, RECORDE EM PORTUGAL

SL Benfica atinge receitas de 200 milhões, recorde em portugal

B enfica aproxima-se dos mais ricos da Europa. Entrevista com Domingos Soares de Oliveira CEO da Benfica SAD.


«Primeira vez que um clube português está acima dos 200 milhões de euros»
Palavras de Domingos Soares de Oliveira referindo-se às receitas do ano 2013/2014. SL Benfica aproxima-se assim dos mais ricos da Europa.
O CEO da Benfica SAD, explica que este montante de proveitos se dividem em direitos televisivos 41%, patrocínios 39% e bilheteira 20%, à imagem dos mais ricos da Europa.
Mas não será fácil para os clubes portugueses, pois irão ter cada vez mais dificuldades em conseguir manter a competitividade. A formação será factor determinante.
Os lucros da época passada foram de 14 milhões de euros, o passivo caiu 9% e os capitais próprios estão positivos em 6 milhões.


De salientar o elogio ao novo treinador em comparação a Jorge Jesus, «Rui Vitória tem uma visão do seu papel, que vai muito além do seu papel de treinador. Aliás, os treinadores modernos dizem, "Quem só sabe de futebol nada sabe sobre futebol". Rui Vitória quer perceber e participar no modelo de sustentação do Benfica. E isso é, e não quero estar a dizer mal de ninguém, uma lufada de ar fresco».

Entrevista Semanário Expresso:
B enfica aproxima-se dos mais ricos da Europa. Entrevista com Domingos Soares de Oliveira CEO da Benfica SAD.


«Primeira vez que um clube português está acima dos 200 milhões de euros»
Palavras de Domingos Soares de Oliveira referindo-se às receitas do ano 2013/2014. SL Benfica aproxima-se assim dos mais ricos da Europa.
O CEO da Benfica SAD, explica que este montante de proveitos se dividem em direitos televisivos 41%, patrocínios 39% e bilheteira 20%, à imagem dos mais ricos da Europa.

Entrevista Semanário Expresso:

Mas não será fácil para os clubes portugueses, pois irão ter cada vez mais dificuldades em conseguir manter a competitividade. A formação será factor determinante.
Os lucros da época passada foram de 14 milhões de euros, o passivo caiu 9% e os capitais próprios estão positivos em 6 milhões.
CONTINUAR A LER

+ Recentes