2 DIAS DEPOIS DE LESAR O BENFICA, Viagem Paga para a Grécia a Ganhar o Dobro

andre narciso arbitro, var federacao portuguesa de futebol,

TAL E QUAL O APITO DOURADO I, Viagens Pagas e os Quinhentinhos depois de Fazer o Serviço!

André Narciso, depois do roubo ao Benfica na Sexta-feira passada, ontem Domingo esteve na Grécia, com viagem paga pela Federação Portuguesa de Futebol, enviado para Atenas para ser VAR no jogo entre Panathinaikos e AEK, a contar para a 1ª jornada do playoff de apuramento de campeão da liga grega. Dois dias depois do servicinho de VAR no Estádio da Luz, recebeu o prémio.

Além de uma viagem de 4 dias a Atenas, à capital Grega com tudo pago, foi ganhar mais do dobro do que ganha em Portugal, por cada jogo que efetua como VAR. Tal como acontecia no Apito Dourado I, agora no Apito Dourado II é tudo feito publicamente, pela própria FPF e até a agência de viagens se mantem a mesma! Sim a agência de viagens que trabalha com a Liga e Federação para transportar os árbitros, é a Agência Cosmos.

A outra curiosidade é a rapidez com que tudo isto se processa, imediatamente a seguir ao jogo do Benfica, tinha que já estar planeado! Não era com um dia de intervalo entre o jogo do Benfica vs Vizela e o Panathinaikos vs AEK que, se programava um árbitro Português ser VAR de um jogo, tão importante para a fase final do Campeonato Grego. Isto prova que foi tudo premeditado, os graves erros a lesar o Benfica e o respetivo prémio do serviço. Uma clara forma de subornar, de corrupção, benefícios/malfeitorias do apito e VAR nos jogos, em troca das classificações dos árbitros e das viagens com tudo pago, para a Grécia ou Arábia Saudita, a ganhar mais do dobro no caso da Grécia, quatro vezes mais no caso da Arábia Saudita. É este o escândalo do futebol português da FPF do Fernando Gomes e o seu funcionário da arbitragem, Fontelas Gomes. Tudo patrocinado pelo Governo de Portugal, Polícia Judiciaria e Ministério Público.